THE ARTIST

O ARTISTA

IMG_6886.jpg

Born in the city of Juiz de Fora (Minas Gerais), in 1991, and a resident of the city of Natal (Rio Grande do Norte), René Loui, a brazilian transdisciplinary artist, is currently completing a master's degree in Performing Arts (2020)  at the Federal University of Rio Grande do Norte and holds an Interdisciplinary Bachelor's Degree in Arts and Design (2013) from the Federal University of Juiz de Fora. Participated in exhibitions, festivals and artistic residencies in Brazil and abroad. His research focuses on different languages, such as dance, performance, photography and video. René is one of the founders of CIDA - COLLECTIVE INDEPENDENT DEPENDENT OF ARTISTS.
 
Loui is particularly interested in the universe of bodies, performative practices, differences and construction in real time. The artist received several awards, including the CARNE FRESCA (2013), Conexão Brasil Intercâmbios (2014/2015) e Overseas Culture Interchange (2016/2018).

In 2018, René was one of the artists selected by CAL - Casa de Cultura de América Latina and OEI - Organization of Ibero-American States for International Artistic Residency - OCA. In

 

December 2019, René represented Brazil as the only Brazilian artist selected for Odisha Biennale, in India, where he remained in artistic residency for 40 days. 

In 2020, the artist had selected by Itaú Cultural - Arte as Respiro: Multiple Emergency Calls in the Performing Arts category and also by the Creative Economy Call SEBRAE / RN, where he is developing the mini-series Plano de Abandono with Mainá Santana.

Nascido na cidade de Juiz de Fora (MG), em 1991, e residente da cidade de Natal (RN)René Loui, artista transdisciplinar, é Mestre em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2020) e bacharel interdisciplinar em Artes e Designpela Universidade Federal de Juiz de Fora (2013). Participou de exposições, festivais e residências artísticas no Brasil e no exterior. Sua pesquisa se concentra em diferentes linguagens, como dança, performance, fotografia e video.

René é um dos fundadores do CIDA - COLETIVO INDEPENDENTE  DEPENDENTE DE  ARTISTAS.
 
Loui está particularmente interessado no universo dos corpos, práticas performativas, diferenças e construção em tempo real. O artista recebeu vários prêmios, incluindo o CARNE FRESCA (2013), Conexão Brasil Intercâmbios (2014/2015). Overseas Culture Interchange (2016/2018).
 
Em 2018, René foi um dos artistas selecionados pela CAL - Casa de Cultura da América Latina e OEI - Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Residência Artística Internacional - OCA.

 

Em dezembro de 2019, René representou o Brasil como o único artista brasileiro selecionado para a Odisha Biennale, na Índia, onde permaneceu em residência artística por 40 dias.

Em 2020 o artista foi selecionados pelo Itaú Cultural - Arte como Respiro: Múltiplos Editais de Emergência na categoria Artes Cênicas e ainda pelo Edital de Economia Criativa SEBRAE/RN, onde está desenvolvendo com Mainá Santana a minissérie Plano de Abandono.